quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Vóbi - 94 anos





Hoje a minha Vóbi fazia 94 anos!

Já passaram 5 desde que nos deixou... saudade imensa...

O tempo passa e continuo a sentir falta do meu maior porto de abrigo, da compreensão total, das conversas, das galhofas, dos mimos...
Sinto falta do pilar que representava na minha vida!

Sinto tanto a tua falta minha avó querida!

sábado, 22 de outubro de 2011

Morte

Ontem faleceu uma pessoa que foi uma referência na minha infância e na minha juventude!
Já há uns tempos que raramente o via... por vários motivos... A minha mudança para o norte do país não ajudou a manter contacto com algumas pessoas, e depois porque apesar de sabermos que a morte é uma das poucas verdades da vida, tomamos sempre as pessoas como garantidas, não vivemos a pensar que um dia aquela pessoa pode desaparecer para sempre das nossas vidas!
Não aguentaríamos viver em permanência com esse pensamento, mas talvez o devessemos fazer de vez em quando, talvez evitássemos o que sinto neste momento... aquela tristeza profunda que nos enche o corpo e a alma...
Porque uma coisa é estarmos longe das pessoas mas quando nos apetece ou quando nos lembramos reaproximamo-nos, outra coisa é este sentimento que a morte nos traz do nunca mais! Nunca mais poder estar com alguém...

Enfim, estou muito triste!

domingo, 18 de setembro de 2011

Apelo ao sector da moda - passar a ferro


É normal passar grande parte dos meus fins-de-semana a passar a ferro!

E gosto... é verdade, é uma das tarefas domésticas que gosto de fazer. enquanto passo vou vendo umas séries, ou filmes na TV e é um momento em que até consigo relaxar.
E depois o cheirinho da roupa lavada quando o ferro passa é óptimo!

Na verdade, gosto tanto de passar a ferro que até passo a preceito, tal e qual a minha avó e a minha mãe me ensinaram quando era miúda. Do género, nas camisas primeiro os colarinhos depois as mangas etc... e não é só para dar showoff  é que na realidade, como em todo o tipo de protocolo, o passar a preceito ajuda-nos a passar melhor e até mais rápido...
E até tenho um excelente ferro a vapor com caldeira, presente da minha querida mãe e que é mesmo bom, passa mesmo bem, rápido e sem grandes dificuldades...

Claro que a multidão que habita cá em casa e por vezes o cansaço do trabalho semanal, não me permitem ter a roupa sempre em dia... mesmo com a ajuda do Jonas (que também se sai muito bem neste serviço) temos sempre roupa para passar... é normalmente tarefa do fim-de-semana, como foi hoje...

E chego então ao porquê deste tratado sobre passar a ferro...
Na realidade isto é mesmo um apelo aos estilistas, aos designers de moda, aos pronto-a-vestir... sei lá a todos aqueles que desenham roupa e escolhem tecidos...

De certeza que não tentam sequer passar a roupa que desenham pois não????
Vão-me desculpar os fãs da moda e dos designs mas é que há trapinhos que são absolutamente impossíveis de passar... daqueles que para passar um lado o outro fica todo amachucado... ou para passar uma manga o lado oposto fica cheio de vincos... ou tecidos que por mais vapor, vaporização, borrifadelas e outras desesperadas técnicas, ficam sempre com aspecto enxovalhado...

Por favor, antes de lançarem a roupa para o mercado, passem-na a ferro e depois sim ou a mudam, ou a produzem naqueles tecidos fantásticos que não é preciso passar ou então são vestidos de noiva que são comprados já prontinhos a usar e não se tornam a vestir, ou seja usamos uma vez e vão para o baú...

POR FAVOR!!!!!





sábado, 20 de agosto de 2011

FITEI 2012


Já estão abertas as inscrições para a 35ª edição do FITEI.
Todas as informações e ficha de inscrição em www.fitei.com.


O FITEI 2012 decorrerá entre 29 de Maio e 10 de Junho 2012 nas cidades do Porto e Matosinhos.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Sérginho - 5 anos


Faz hoje 5 anos que chegou o meu rapazão...

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Apelo aos líderes políticos

Hoje venho aqui apelar aos nossos hipotéticos líderes políticos, aqueles que acham que decidem alguma coisa sobre os destinos da nação, e aos nossos verdadeiros líderes políticos, os ricaços da Europa, da troika e afins...

Ora, vamos então diminuir o défice às custas dos parcos rendimentos do povo e claro está da classe média (se é que ainda existe uma classe média...)... vejamos então:
Imposto extraordinário sobre o 13º mês a partir do salário mínimo. Pergunto, os trabalhadores independentes, vulgos recibos verdes,  como eu, que não recebem 13º mês, vão pagar um imposto extraordinário sobre o quê???? Os rendimentos mensais habituais???
IVA - que se faz sentir a torto e a direito...
Aumento de 15% nas tarifas dos transportes públicos, por enquanto, pois já sabemos que vamos chegar aos 20%...
etc, etc, etc,

Estas medidas dizem-me que estes senhores estão totalmente fora da realidade de como o povo sobrevive... assim, enquanto cidadã a tentar sobreviver, proponho a V. Exas. o seguinte:
6 meses a viverem apenas com um salário digamos de cerca de 1.000€ por mês, o que já é acima da média nacional... viverem mesmo, pagarem as contas, a educação dos filhos, a comida, os transportes, os impostos extraordinários, etc...
Mas tem de ser 6 meses, no mínimo, que é para dar tempo a sentirem o efeito de se viver assim... e mais, não podem usufruir de nada que os seus rendimentos chorudos normais lhes conferem, tipo seguros de saúde, não... têm de ir aos centros de saúde, as crianças nas escolas públicas, nada de carros e motoristas, transportes públicos... enfim, aquilo a que a maioria da população vive...

Depois de viverem assim, talvez eu lhes volte a dar alguma, pouca, credibilidade!

sexta-feira, 6 de maio de 2011

domingo, 13 de março de 2011

Mini Basket

A Leonor este ano começou a fazer mini basket. Tem sido uma experiência interessante, não só ao nível fisíco mas principalmente ao nivel do espírito de equipa.
Ela está nos mini 10 e treina 3 vezes por semana. E não pensem que é uma brincadeira... não, os treinos são muito sérios e bastante duros, dá para ficar cansado só de olhar :)
A equipa e o clube têm uma boa dinâmica e já há muitos jogos com estas mini equipas. Os jogos são muito pedagógicos, pois os árbitros explicam-lhes porque marcaram falta, ou porque não podem fazer um determinado passe, etc. Não há vencidos nem vencedores, o principal é o convívio, a aprendizagem e o amadurecimento dos jovens jogadores.

Uam das coisas que mais gosto nesta equipa da Leonor é a relação que os treinadores estabelecem com os miúdos. São quatro treinadores, dois principais e dois adjuntos. Jovens e com um trabalho muito sério e empenhado. São super carinhosos com os miúdos mas mantém o respeito e também são duros quando é necessário.

Hoje foi dia de jogo!
Lá saltei da cama às 8H00 da manhã, meu pobre domingo :)) e fui com a Leonor para o jogo que desta vez foi em casa.
A Leonor jogou muito bem. Teve iniciativa de ataque, defendeu, correu e arrasou... teve merecidos aplausos, aqui ficam umas imagens da minha atleta!


terça-feira, 8 de março de 2011

Dia Internacional da Mulher


O Dia Internacional da Mulher, celebrado a 8 de Março, tem como origem as manifestações das mulheres russas por "Pão e Paz" - por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada do seu país na Primeira Guerra Mundial. Essas manifestações marcaram o início da Revolução de 1917. Entretanto a ideia de celebrar um dia da mulher já havia surgido desde os primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas de mulheres por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto.
No Ocidente, o Dia Internacional da Mulher foi comemorado no início do século, até a década de 1920.
Na antiga União Soviética, durante o stalinismo, o Dia Internacional da Mulher tornou-se elemento de propaganda partidária.
Nos países ocidentais, a data foi esquecida por longo tempo e somente recuperada pelo movimento feminista, já na década de 1960. Na atualidade, a celebração do Dia Internacional da Mulher perdeu parcialmente o seu sentido original, adquirindo um caráter festivo e comercial. Nessa data, os empregadores, sem certamente pretender evocar o espírito das operárias grevistas do 8 de março de 1917, costumam distribuir rosas vermelhas ou pequenos mimos entre suas empregadas.
1975 foi designado pela ONU como o Ano Internacional da Mulher e, em Dezembro de 1977, o Dia Internacional da Mulher foi adotado pelas Nações Unidas, para lembrar as conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres, mas também a discriminação e a violência a que muitas delas ainda são submetidas em todo o mundo.
in, Wikipedia

segunda-feira, 7 de março de 2011

FITEI 2011


Primeiro anúncio do FITEI 2011 no suplemento Ípsilon do jornal Público no passado dia 4 de Março.
A produção já a bombar para que este Festival apesar de mais pequeno que o habitual seja em GRANDE!

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Dia dos Namorados



Este é um daqueles dias que nunca liguei muito.
Para dizer a verdade, até me irrita um bocado pois nunca tivémos a tradição do Dia de S. Valentim que é tipicamente um dia comemorado pelos americanos e tipico da sociedade altamente cconsumista!
Aliás é essa ideia de consumo que me irrita neste dia (e noutros)... a ideia que nos impingiram esta comemoração apenas para que consumamos todo o merchandising possível e imaginário criado à volta deste dia...
Pois é... não é que tenha mudado de idéias, mas hoje soube-me muito bem chegar a casa depois do trabalho e ter uma caixinha de bombons e uma rosa vermelha, uma simples rosa vermelha, sem artifícios à volta, apenas um laço vermelho, à minha espera!
Senti-me tão importante... tão amada... não é que não o sinta nos outros dias, tenho essa felicidade, um homem verdadeiramenmte companheiro, um homem que me compreende, um homem que apesar de todas as dificuldades consegue fazer-me sentir amada!
Enfim, rendo-me:
Feliz Dia dos Namorados!

Ser Poeta

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendos
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente…
É seres alma e sangue e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Florbela Espanca, Charneca em Flor in Poesia Completa