sexta-feira, 25 de abril de 2014

O estado a que chegámos...

“Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados sociais, os corporativos e o estado a que chegámos. Ora, nesta noite solene, vamos acabar com o estado a que chegámos.”
-Salgueiro Maia-

25 de Abril

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Inquietações

Hoje não foi um bom dia...
Quer dizer, teve momentos que não foram bons. e marcaram senão não estaria aqui a divagar...
Há muito que aqui não vinha. Afinal acabei por me deixar render ao facebook... tem algumas vantagens em relação ao blog, é imediato, é também uma ferramenta de trabalho... enfim talvez se adapte melhor ao estilo de vida actual. Ou talvez não... talvez estas sejam apenas desculpas para a ausência deste pequeno recanto que está cá sempre há minha espera!

Muitas coisas aconteceram nos "entretantos", o tempo voou e as mudanças foram grandes e passaram assim como um vento em furacão!
Com muita tristeza e confesso alguma mágoa, a minha colaboração com o FITEI terminou! Foram 4 anos intensos, de grande entrega, de grande aprendizagem e no final de grande mágoa. Grande parte já ultrapassada, outra parte passará com o tempo e com os novos desafios que felizmente vão surgindo.

Um ano passou sobre a última coisa que escrevi aqui... e nem era minha, era uma declaração de apoio ao FITEI... pois neste ano voltei a mudar de casa, estou ainda entre caixotes e arrumos e limpeza, da casa, dos objectos e da alma... sim porque de vez em quando convém limpar a alma, cuidá-la como se de uma menina se tratasse... com carinho e cuidado...

Hoje é um dia estranho. Mas é também um dia em que a minha cabeça está a mil entre vários assuntos e situações. Um dia estranho e apesar do sol ter brilhado foi assim como que um dia cinzento, daqueles que nos pesam...

Enfim... aqui fica mais um pequeno devaneio, num momento pleno de inquietações, de movimentações...